Why

Por quê?
Quantas vezes eu tenho que tentar lhe dizer
Que sinto muito pelas coisas que fiz?
Mas quando começo a tentar lhe dizer
É aí que você tem de me falar
Ei… esses tipos de confusão apenas começaram
Eu digo a mim mesma várias vezes
Por que você nunca aprende
A manter sua boca grande fechada?
É por isso que machuca tanto ouvir as palavras
Que continuam caindo de sua boca
Caindo da sua boca..
Diga-me… por quê

Posso estar louca
Posso estar cega
Posso estar sendo cruelmente má
Mas ainda posso ler o que você está pensando
E eu ouvi isto ser dito várias vezes
Que você estaria bem melhor sozinho
Além disso
Por que você não pode ver
Que este barco está afundando?

Vamos para a margem
Nós podemos nos livrar daquelas dúvidas
Certas coisas não devem ser ditas
Mas elas ainda me reviram por dentro
Revirando por dentro.. revirando por dentro..

Diga-me… por quê
Este é o livro que nunca li
Estas são as palavras que nunca falei
Esta é a trilha que nunca seguirei
Estes são os sonhos que sonharei ao invés
Esta é a alegria que é raramente espalhada
Estas são as lágrimas, as lágrimas que derramamos
Este é o sentimento
Este é o temor
Este é o conteúdo da minha cabeça
E estes são os anos que passamos juntos
E isto é o que eles representam
E é assim que me sinto
Você sabe como me sinto?
Porque eu acho que você sabe como eu me sinto
Acho que você sabe o que eu sinto
Por quê..
Acho que você não sabe o que eu sinto..
Você não sabe o que eu sinto.

Published in: on março 9, 2008 at 4:52 am  Comments (5)  
Tags: ,