Seios

Teus seios pequeninos que em surdina,
pelas noites de amor, põem-se a cantar,
são dois pássaros brancos que o luar
pousou de leve nessa carne fina.

E sempre que o desejo te alucina,
e brilha com fulgor no teu olhar,
parece que seus seios vão voar
dessa carne cheirosa e purpurina.

Eu, pare tê-los sempre nesta lida,
quisera, com meus beijos, desvairado,
poder vesti-los, através da vida,

para vê-los febris e excitados,
de bicos rijos, ávidos, rasgando
a seda que os trouxesse encarcerados.

Hildo Rangel


Anúncios
Published in: on setembro 30, 2007 at 9:34 am  Deixe um comentário  

Elas são demais

Adoro essas meninas

Published in: on setembro 30, 2007 at 9:27 am  Deixe um comentário  

Gostei

Experimentei e gostei!

Published in: on setembro 30, 2007 at 9:14 am  Comments (1)  

Sou, e daí?

Published in: on setembro 30, 2007 at 8:14 am  Comments (2)  

Romântica

Me perguntam se vale a pena ser uma mulher romântica.
É claro que vale.
Dizem que pessoas românticas são idiotas.
Pois deixo bem claro uma coisa.
Adoro ser uma idiota, pois sou romântica até comigo mesma.

Micaella Soares

Published in: on setembro 30, 2007 at 8:03 am  Deixe um comentário  

A noite é uma criança…

Micaella Soares

Published in: on setembro 30, 2007 at 7:58 am  Deixe um comentário  

Bom né?

Hoje tomei champagne com meu amor.
Bom né?

Micaella Soares

Published in: on setembro 30, 2007 at 7:28 am  Deixe um comentário